O Inominável – Gustavo Lopes



“Eu devo este relato às dezenas de famílias que foram afetadas por nossas escolhas, aos que foram enganados, àqueles cujas lágrimas ainda não secaram ou cuja esperança permanece viva. Eles podem não acreditar em mim, você pode não acreditar em mim, mas eu estou aqui para contar exatamente o que aconteceu. Esta é a minha história. Este é o meu relato.”

O livro O Inominável, do autor Gustavo Lopes, foi publicado no Wattpad e teve uma edição limitada em exemplares físicos, lançada em 2018. A obra traz um relato feito por uma jovem chamada Thalita Brado Romão, que tem dezessete anos e conta uma história que se passou quando ela tinha quinze anos. No prólogo ela já declara que na metade do segundo ano do ensino médio encontraram um livro. Ela e os amigos Andreia, Augusto e Davi tiveram contato com um exemplar desconhecido encontrado na biblioteca da escola.

O livro que encontram é bastante sinistro. “O trabalho artesanal era perfeito. Cada detalhe, o entalhe realista do corvo, as penas, a textura das páginas, o cheiro que não era de livro” -  relata Thalita.

Nessa misteriosa publicação há indicações de um ritual. Como todo jovem carrega em si um pouco de curiosidade por coisas novas, eles, movidos por Augusto, começam a seguir as orientações ritualísticas que encontram no tomo. Ainda que haja dúvidas sobre a veracidade do que há ali, eles se lançam nesse desconhecido em busca do inominável.

É por meio desses rituais que são seguidos pelos jovens que eventos estranhos ocorrem e que a vida deles toma rumos diferentes. No livro “O Inominável” a história está totalmente baseada no relato da jovem Thalita e ela reforça isso ao longo da obra buscando, pois, manter-se centrada nos acontecimentos. Mesmo quando é para se referir a alguma ação de um de seus amigos ou de outras pessoas, ela por vezes justifica que não está fazendo nenhum julgamento, mas tão somente contando o que aconteceu.

Quem já ouviu falar da brincadeira do copo, do livro, da caneta ou da chave? Certamente, leitor, se você ouviu falar sobre isso, vai se identificar com a história contada pela personagem. É por meio da curiosidade despertada dos jovens e por certo fascínio com o sobrenatural, ainda que envolto em medo e nenhum conhecimento sobre as implicações que daí possam surgir, que os eventos estranhos ocorrem.

É impossível não notarmos que os jovens em questão tem conflitos com pessoas com quem se relacionam. Nesse sentido, convém mencionar que o bullying é um dos assuntos tratados no livro, como pano de fundo. A partir dos eventos que ocorrem provocados pelo ritual que seguem, as pessoas que cometeram algum mal a eles passam por situações inusitadas. Fato é que todos os personagens, os quatro, sofrem alguma mudança provocada pelos rituais.

A trama tem mistério e sobrenaturalidade, e as ações dos jovens ocorrem soando como uma vingança, ainda que não seja intencional. Mas, uma vez que os eventos ocorrem, aparecem como a solução de seus problemas. As transformações pelas quais os personagens passam os distinguem nesse quarteto em que cada um deles tem uma característica bem definida e que fica clara com o desenrolar da história.

Apesar de ser uma narradora jovem a sua forma de expressão é mais madura, tanto no modo de lidar com o assunto, como nas palavras que usa, focando em temas que são pertinentes para o leitor se situe. Isso faz com que ela saia do estereótipo de adolescentes complicados e com relações familiares conflitantes. O autor não subestima a juventude e o ar jovial da obra é presente.

O Inominável traz uma enredo simples, mas bem desenvolvido que acerta, sobretudo, por não estender a sua trama para camadas superficiais ou secundárias que não agregariam em nada na história. É um livro de leitura rápida, possível de ler num único dia, como o fiz. São 94 páginas para adentrarmos um relato que nos provoca no sentido de acreditarmos ou não, no que a personagem nos conta em primeira pessoa, como ela manifesta no prólogo da obra. O Inominável está aí e cabe a você decidir se acredita.

Foto: Divulgação
Sobre o autor:

Gustavo Lopes é autor de horror, fantasia e ficção-científica, nascido na cidade de São Paulo. Atormentado pelo desejo incessante de escrever, se divide entre trabalhar, estudar, pular corda e viver, para ter tempo de transformar suas histórias em palavras. Faz parte como autor convidado dos sites Noite do Bardo, um blog de contos de autores nacionais, e Maldohorror, comunidade de escritores fantásticos e malditos. Possui contos publicados em antologias como Noite Natalina e Insanidade, Mundo Invertido, III A Hora Morta – Volume 2, 7 Pecados Capitais Volume II e Galáxias Ocultas.

Ficha Técnica

Título: O Inominável
Escritor: Gustavo Lopes
Editora: Independente
Edição: 1ª
Número de Páginas: 94
Ano: 2018
Assunto: Literatura brasileira

O Inominável – Gustavo Lopes O Inominável – Gustavo Lopes Reviewed by Tomo Literário on 07:56 Rating: 5

Nenhum comentário:

Deixe aqui seu comentário.

Tecnologia do Blogger.