Livro mostra como as obras de Clarice Lispector podem transformar a vida de todos nós


De maneira didática, Simone Paulino expõe como a literatura da autora ucraniana naturalizada brasileira é robusta e tocante a ponto de provocar mudanças na vida de qualquer um

Quem é fã de Clarice Lispector não nega. Na maioria dos casos, é um aficionado por sua maestria com as palavras, pelo magnetismo inerente à sua escrita - Cazuza, por exemplo, leu “Água Viva” mais de cem vezes. Essa magia que ela desperta é transportada para a atualidade e para a vida prática por Simone Paulino em seu novo livro, “Como Clarice Lispector Pode Mudar Sua Vida”, lançamento da Buzz Editora.

A obra traz - de forma delicada, mas intensa - percepções pessoais de Simone acerca da ucraniana naturalizada brasileira, e sustenta que a literatura clariceana é capaz de transformar vidas. “Uma vez fisgados, não temos saída. Nos tornamos adoradores fervorosos da sua força criadora. Sucumbimos à poesia redentora daquilo que ela escreve, porque ler Clarice é sentir a vida pulsando, latejando sonora por todos os poros, é despertar do automatismo cotidiano e descobrir, com espanto, nossa vida interior”, afirma Simone.

Em pequenos capítulos, a autora explica de maneira didática, e sempre citando passagens dos contos e livros de Clarice, como é possível aprender (e muito) com as palavras que ela deixou de legado. No capítulo “Como seguir a si mesmo”, por exemplo, Simone afirma que “Clarice abre nossas feridas sim, mas, depois de estar em carne viva, ganhamos uma paz desconhecida”. Já no capítulo “Como transcender a realidade”, escreve que há no livro Água Viva um efeito terapêutico, um bálsamo para quem sofre de estafa de realidade”. Enquanto que, no inusitado “Como matar baratas”, ensina - metafórica e literalmente - como afastar de nossas vidas esses males.

Como Clarice Lispector Pode Mudar Sua Vida” é uma obra pitoresca. Um livro que, para quem já leu Clarice, é uma dádiva; e nos que ainda não tiveram esse deleite, desperta automaticamente a vontade de lê-la – esta é a finalidade de Simone. “Reconciliar Clarice com seus leitores potenciais é um desafio imenso e contínuo, ao qual tenho me dedicado com uma quase fé”, resume. “Muitos dizem que seus livros são difíceis e incompreensíveis; por onde quer que eu ande, parece que tenho uma espécie de missão de defendê-la”, acrescenta.

Em suma, um livro essencial para quem deseja conhecer um pouco mais de uma das maiores escritoras de todos os tempos, mas, acima de tudo, para quem quer aplicar os estilhaços de ensinamentos dela e, assim, viver uma vida mais plena.

Sobre a autora

Simone Paulino é jornalista, escritora, editora e mestre em Teoria e Literatura Comparada pela Universidade de São Paulo (USP). Escreveu livros, como o infantil O sonho secreto de Alice e o gift book Minha Mãe, Meu Mundo, com mais de 400 mil exemplares vendidos. Desde 2015, colabora na realização da Primavera Literária Brasileira, promovida pelo Departamento de Estudos Lusófonos da Universidade de Sorbonne, em Paris.

Tum, Tum, Tum, Bate Coração. Coração Satânico lançado pela DarkSide Books.



A DarkSide Books e seus lançamentos que arrasam os corações dos leitores.

E, por falar em coração, no mês de maio teremos mais um livro daqueles: Coração Satânico, o mais importante clássico de William Hjortsberg, volta às livrarias para arrebatar o público que adora uma história forte.

Lançado originalmente em 1978, Coração Satânico é uma habilidosa mistura de dois gêneros capazes de tirar o sono de muita gente corajosa: o terror e as histórias de detetive. Com doses generosas de ocultismo e investigação, Hjortsberg consegue homenagear seus ídolos, Dashiell Hammett e Raymond Chandler, e ainda assim ser tão casca-grossa quanto eles. 

Mais noir do que nunca, a literatura policial poucas vezes foi tão darkside. O estilo visual que Hjortsberg imprime em sua literatura é uma atração à parte. Se você é fã de quadrinhos ou de cinema, vai adorar se perder em suas páginas.

A inspiração surgiu em um conto do autor.  Essa mistura de suspense com temas considerados tabu, como o vodu, religião de origem africana seguida pelos haitianos, chegou ao público num momento em que nomes como Stephen King se tornavam mais populares.

A história seria consagrada mais uma vez em 1987, quando Coração Satânico ganhou uma adaptação cinematográfica dirigida por Alan Parker (também roteirista de A Lenda, de 1985), com Mickey Rourke e Robert De Niro nos papéis principais. O sucesso do filme em todo o mundo apresentou Hjortsberg a novos leitores, mas infelizmente os brasileiros estavam há muito tempo sem acesso a sua verdadeira obra-prima.

A história do livro se passa em Nova York, em 1959. Harry Angel é um detetive particular contratado para encontrar Johnny Favorite, um músico famoso que desaparecera após a Segunda Guerra Mundial. Psicologicamente transtornado com os campos de batalha, Johnny retornaria aos Estados Unidos em estado catatônico. Dias depois, ele some do hospital de veteranos, sem deixar rastros. O caso leva Harry Angel a se envolver com seguidores do vodu, assassinos e um cliente que não ousa perdoar velhas dívidas.

Adicione na sua lista de desejos e boa leitura!

Sobre o autor:

William Hjortsberg nasceu em Nova York em 1941, e se tornou um escritor tão durão quanto sua cidade natal. Escreveu diversos romances de estilos que vão da comédia à ficção científica, e se consagrou definitivamente na literatura mundial com Coração Satânico, de 1978. Ganhou duas vezes o prêmio editorial da revista Playboy, superando autores como Graham Greene e Gabriel García Marquez. Foi roteirista de A Lenda (1985), filme de fantasia dark dirigido por Ridley Scott, com Tom Cruise e Mia Sara.

Nota: texto adaptado do site da editora.

Editora Illuminare destaca autores nacionais na Argentina




A Editora Illuminare destaca seis autores nacionais em dois eventos que serão realizados em Buenos Aires (Argentina). Investindo em autores brasileiros a editora os apresentará nos eventos, juntamente com o lançamento de quatro livros.

Os eventos que ocorrerão são: 

3ª Tarde do Livro Livre – evento patrocinado pela Editora Illuminare acontece no Centro Cultural Brasil – Argentina. Será realizado no dia 05 de maio às 19 horas. 

43ª Feira Internacional do Livro – Stand da Embaixada Brasileira. O evento ocorrerá no dia 6 de maio das 16 horas às 18 horas e 30 minutos.

Confira os livros que serão lançados: 

Gritos de Revolta – Crônicas de Protesto Social 
Mulheres Fatais – Contos Policiais 
Escritos de um Verão – Contos, crônicas e poesias de temática livre 
Espinhos e Rosas – História de Vida (Edição bilíngüe – Português/Espanhol)

Conheça os autores que serão apresentados. Eles são responsáveis por  trabalhos que fazem parte dos livros citados. 

Carlos Aparecido da Silva Abreu, de Taubaté, que utiliza o pseudônimo Carlos Asa. Formado em magistério, organizou grupo de teatro estudantil, exercendo funções como ator, diretor, escritor e coordenador do grupo. Trabalhando com peças próprias, priorizando a participação das crianças e jovem da escola com o objetivo de promover a socialização e desenvolvimento emocional, com participação em edições do Festival de Teatro Estudantil promovido pelo SENAC Taubaté. Faz parte, atualmente, do quadro de servidores do Ministério Público do Estado de São Paulo. Autor de diversos  contos em antologias é também autor do livro A Pequena Floresta. 

Alexandre Braoios, paulista, biomédico, docente da Universidade Federal de Goiás – Regional Jataí. Possui contos publicados em diversas antologias. Autor do romance Coisas de Menino. 

Fernando Nunes, natural de porto alegre, advogado, membro da ALB (MG) e da ALUBRA (SP). Diversos contos publicados em coletâneas e antologias. Autor do livro Microcontos Ecléticos. 

Cecília Torres, nascida em São Paulo. Professora, pós-graduada em Literatura e Língua Portuguesa pela Unip, trabalha como professora de português e inglês. Já publicou diversos contos em antologias e coletâneas. 

Valéria Gravino, advogada, articulista, possui dois títulos de MBA. Autora do livro A Responsabilidade do Sócio na Execução Fiscal, que alcançou o primeiro lugar dos mais vendidos da Amazon e de Enquanto Espero, concorrente do Prêmio Kindle de Literatura 2016. Publicou diversos contos em antologias. 

Tito Prates, escritor e pesquisador literário. Publicou o livro Viagem à Terra da Rainha do Crime e diversos contos em antologias nacionais e internacionais. Ganhador de prêmios literários, lançou em 2016 a única biografia em língua portuguesa da escritora inglesa “Agatha Christie From My Heart”. Embaixador brasileiro de Agatha Christie (nomeado em Londres por Mathew Prichard, neto e administrador do legado da escritora).

Editora Illuminare destacando talentos.

[Resumo da Semana] 16 até 22 de abril de 2017




Olá, amigos leitores!

Confira o resumo das postagens do blog na semana de 16 até 22 de abril de 2017.

16 de abril – Resumo da semana anterior.

16 de abril – Resenha do livro Guerra Civil, de Stuart Moore, publicado pela Editora Novo Século.

17 de abril – Resenha do livro O Engenhoso Cavaleiro Dom Quixote de La Mancha (Livro 2), de Miguel Cervantes de Saavedra, publicado pela Editora 34.

18 de abril – Dia Nacional do Livro Infantil. Lista de dez livros infantis. Incentive a leitura.

18 de abril – Conheça Outrora: crônica de uns dias perdidos, de Jayme Mathias Netto, publicado pela Multifoco.

19 de abril – Revista Conexão Literatura. 22 edições gratuitas disponíveis para o leitor.

19 de abril – Renovação de parceria com a Editora Illuminare e livros recebidos.

20 de abril – Indicação do conto Por Entre as Cores, de Letícia Godoy, na coluna Wattpad.

20 de abril – Conheça o autor D. A. Potens e seus livros.

20 de abril – Oceanos Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa tem inscrições até 30 de abril.

21 de abril – Buzz Editora tem opções de livros para o Dia Mundial do Livro

21 de abril – Olhos Prateados, do mesmo autor do game Five Nigths at Freddy’s é lançado pela Editora Intrínseca.

22 de abril – Resenha do livro O Vale dos Mortos, de Rodrigo de Oliveira, publicado pela Faro Editorial.