Antes que eu me esqueça - Dr. Leandro Teles

“Engana-se quem pensa que ter uma boa memória é lembrar mais coisas! A boa memória é a memória direcionada, que consegue separar o joio do trigo, que esquece o irrelevante e fixa o relevante, que se aloca organizada, precisa e acessível para a evocação. A memória é um conceito abrangente de gerenciamento de informação, tempo da necessidade, limiar de evocação, ajuste de gatilhos, ritmo de vida, controle de ruídos, verossimilhança com a realidade, enfim, sua melhoria envolve mais questões qualitativas do que quantitativas.”

Quando se fala de cognição, estamos falando de vários atributos do cérebro. E a capacidade cognitiva de um indivíduo advém de aspectos extrínsecos e intrínsecos. As pessoas são diferentes e, logicamente, a cognição de cada um se diferencia. Durante a nossa vida nós podemos burilar a capacidade cognitiva com hábitos, escolhas e treinamentos corretos.

Na contemporaneidade, nos deparamos com uma grande quantidade de informações e também com grande quantidade de pessoas que são insatisfeitas com a sua capacidade de memorização. O autor do livro ressalta três aspectos que podem influenciar: o elevado grau de cobrança, dinâmica da informação e, naturalmente, os fatores individuais.

O hábito é um grande aliado, mas não se pode esquecer que carregamos também os maus hábitos e para modificá-los é preciso reconhecer a sua existência e a necessidade de mudança.

Segundo Dr. Leandro Teles, neurologista, que publicou o livro “Antes que eu me esqueça”, pela Editora Alaúde em 2016: “o objetivo desse livro é compreender a sistemática de memorização, de modo que você (leitor) consiga construir suas próprias ferramentas na amplificação da função.”

O livro trata ainda do processo de memorização, esclarecendo o mecanismo do cérebro em fixar informações e como o leitor pode fazê-lo. Dr. Leandro expõe uma análise minuciosa de cada etapa do processo de memorização. A atenção é uma etapa importante e para tal é necessário direcionamento, sustentação e alternância.

Gerenciar o tempo também se faz imprescindível para auxiliar a memória. Para isso, recebemos dicas de usar quatro quadrantes para realização das atividades, classificando-as em importantes e urgentes, importantes mas não urgentes, não importantes mas urgentes e não importantes e não urgentes. Complicado? Não! No livro você verá como utilizar tal ferramenta. Para ganhar tempo é preciso ainda praticar o não, automatizar o que é possível e descentralizar atividades. É por meio da atenção que compreendemos as determinantes e os ruídos da primeira fase de memorização.

O autor passa então a dissertar sobre o processo de consolidação, ou seja, da fixação de informações. Na memorização “busque características peculiares que, quando associadas, trarão a informação completa”, recomenda. E são abordados conceitos mnemônicos como imagem mental, poder de síntese, aviso claro ao cérebro, associações mentais, encadeamento, regras personalizadas, pistas de evocação e revisão.



Um   capitulo, intitulado Aprendendo a Estudar, é dedicado a professores, pais e estudantes, visando “abordar, de modo abrangente e conceitual, alguns aspectos neurobiológicos que frequentemente limitam o rendimento escolar acadêmico”.

O livro também aborda dicas cognitivas para envelhecer com qualidade de memória, tais como manter o hábito de leitura, corrigir problemas sensoriais, ocupar o tempo com atividades intelectuais, ter vida social ativa e combater a solidão.

Dr. Leandro discorre  de forma leve e acessível ao longo de todo o livro. Sua forma didática de elucidar os conceitos é um dos pontos altos de toda a obra. Utiliza de analogias interessantes, bem como trata de aspectos que podem auxiliar ou prejudicar o processo de memorização. As analogias utilizadas auxiliam na fixação dos conceitos apresentados pelo autor. O assunto que pode parecer complexo toma ares de simplicidade com as explicações claras e versáteis que são empregadas.

As dicas que são dadas ao longo dos capítulos facilitam a compreensão e a aplicabilidade. Entra, dessa forma, na proposta do próprio livro, que é de afiar e aperfeiçoar a memória.

Importante ressaltar que ao leitor cabe a missão de se perceber e de buscar uma forma que atenda a sua demanda. O livro auxilia no entendimento de como funciona a memória. Dessa forma, podemos observar e nos atentar ao funcionamento do nosso próprio cérebro, buscando aumentar o nosso potencial. Ah! Antes que eu me esqueça: os pequenos hábitos e a mudança de estilo de vida influenciam positivamente no aumento da capacidade cognitiva.

O leitor terá acesso a esclarecimentos sobre fatores especiais que podem afetar a cognição, como distúrbios de tireoide, de hormônios sexuais e a maneira de nos nutrirmos. Impacto de atividades físicas e controle do famigerado estresse também são abordados.

Nas considerações finais o autor ressalta: “Memória perfeita não existe”. E nos aponta: “a questão final é treinar o cérebro para memorizar”, frisando que “a conquista de uma mente mais confiável exige reeducação cognitiva e trabalho árduo de reequilíbrio”.

“Antes que eu me esqueça” é um excelente livro para consultar, revistar, pesquisar e enriquecer a memória. Acessível, claro e objetivo, o neurologista Dr. Leandro Teles se expressa com proximidade do leitor, atuando como um verdadeiro consultor.

Foto: Reprodução
Sobre o autor

Leandro Teles é médico neurologista. Formou-se em 2006 pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Especializou-se em neurologia clínica no Hospital das Clínicas, titulando-se como especialista em 2009. Atuou como médico preceptor do Departamento de Neurologia do HCFMUSP entre os anos de 2009 e 2011, tendo participado diretamente da formação de centenas de novos médicos. Ministrou várias aulas no curso de graduação, sendo homenageado pelos formandos em 2010. É membro efetivo da Academia Brasileira de Neurologia (ABN). Conhecido por sua didática, descontração e linguagem simples, passou a ser consultor de inúmeros veículos de comunicação, como revistas, blogs, jornais, programas de rádios e televisão, sempre versando sobre assuntos relacionados à neurologia e comportamento. É responsável técnico pelo site www.leandroteles.com.br.

Ficha Técnica
Título: Antes que eu me esqueça
Escritor: Dr. Leandro Teles
Editora: Alaúde
ISBN: 978-85-7881-384-0
Edição: 1ª
Número de Páginas: 245
Ano:2016
Assunto: Memória

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.