O Menino da Lista de Schindler – Leon Leyson, Marilyn J. Harran e Elizabeth B. Leyson

“Era 6 de setembro de 1939. Menos de uma semana depois de cruzar a fronteira da Polônia, os alemães estavam em Cracóvia. Ainda que não soubéssemos disso naquele momento, começavam os nossos anos de inferno.”

“O Menino da Lista de Schindler”, publicado pela Editora Rocco (selo Jovens Leitores), conta a história do menino mais jovem salvo por Oskar Schindler, que foi responsável pela salvação de de cerca de 1200 judeus. Por suas ações, Schindler conseguiu com que os judeus não fossem dizimados nos campos de concentração. Sua história foi apresentada no famoso filme de Steven Spielberg: “A lista de Schindler”.

Nos tempos de nazismo Leon Leyson (autor do livro e o menino a que nos referimos) tem de enfrentar situações adversas em busca de sua sobrevivência, em que a fome, o medo, o desespero  estão presentes, mas é preciso enfrentá-los visando a sua própria sobrevivência  e também a de seus familiares. A vida em jogo que faz com que um menino demonstre sua força. Mesmo que talvez não tivesse toda a visão de seus atos, ele os faz, porque precisa apenas viver.

A invasão nazista na Polônia devasta a vida de muitas famílias e, Leon, aos 10 anos começa uma jornada árdua. O trabalho do pai na fábrica de Oskar Schindler parecia ser a solução para salvaguardar a família. Depois de um tempo o menino começa também a trabalhar para o industrial alemão que tem um perfil controverso e o fato de trabalhar para ele define o seu futuro.

“Ao tratar-nos com respeito, ele resistia à ideologia racista do nazismo, que hierarquizava a humanidade e colocava os judeus no lugar mais baixo.” Assim diz Leon sobre Schindler.

Recordamos tempos de uma história nada agradável, mas que é real. Um menino que luta por comida, enfrenta grupos de soldados e vai tomando consciência da dizimação de muitos judeus e da agressividade que o homem é capaz no mundo. Uma parte da história mundial que angustia, mas que deve ser relembrada para que outros fatos similares não voltem a acontecer.

Apesar de ser um livro autobiográfico, não é um livro carregado de divagações. Leon e as co-escritoras souberam muito bem manter o foco no menino e sua visão sobre o que acontecia em seu mundo naquele momento. 

A história do menino que sobreviveu ao Holocausto é extraordinária, uma mensagem de superação e de esperança, coragem e humanidade. Em tempos em que a luta pela igualdade é mais necessária do que nunca, o livro tem uma forte mensagem que toca e inspira o leitor.

Ficha Técnica
Título: O Menino da Lista de Schindler
Escritor: Leon Leyson, Marilyn J. Harran e Elizabeth B. Leyson
Editora: Rocco Jovens Leitores
ISBN: 978-85-7980-212-6
Edição: 1ª
Número de Páginas: 253
Ano: 2014
Assunto: Holocausto judeu

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.