Pérolas da Minha Surdez - Nuccia De Cicco

“Pérolas da Minha Surdez”, foi escrito por Nuccia de Cicco e publicado pela wwlivros em 2016.

No livro, Nuccia conta sobre o fato de ter ficado totalmente sem audição, após uma doença genética. Compreenderemos como a autora lidou com o fato de uma hora para outra ter de se adaptar a um novo modo de encarar as coisas. A surdez cria uma isolamento comunicativo, e ela ouvia.  Quando falamos de adaptação parece algo simples, mas não é. Nuccia, no entanto, nos mostra como passou por essa fase.

Tudo isso aconteceu num momento da vida em que Nuccia aspirava o Mestrado, fazia dança (e ainda faz). Surdez irreversível aos 27 anos de idade. Isso poderia ser um impedimento para qualquer pessoal, mas Nuccia demonstra a força de uma mulher que tem coragem de enfrentar os desafios da vida e, mesmo diante de seus receios e medos que surgem naturalmente, decidiu seguir adiante. Adaptou-se ao novo cenário.

A autora expõe o seu aprendizado e sua forma de ver a vida, e não só de encarar 'o problema' de maneira magistral. Ora nos leva a uma avalanche de emoções com os acontecimentos narrados, outras se coloca de maneira descontraída e bem humorada. Nuccia nos mostra como é possível passar por eventos que para muitos poderiam ser obstáculos permanentes.

O livro aborda a surdez a partir do que aconteceu com a autora, mas sem deixar de lado o caráter instrutivo, o que é bastante importante, quando falamos de quaisquer tipos de acometimento físico. Informações sobre os tipos de surdez, possibilidades de cirurgia e uso de aparelhos, além de dicas sobre livros que falam do tema e uma porção de informações relativas ao tema elucidam muitas dúvidas e/ou preconceitos daqueles que ouvem.

“Na maioria dos meus dias, ser diferente é uma dádiva, uma maldição e uma batalha. Tudo junto e misturado.”

A importância da reinvenção está na história de Nuccia. Ao se deparar com o fato de não mais ouvir, ela teve de lidar com o problema de frente e, para continuar em busca de seus sonhos, de seus desejos, teve de se reinventar. Para a reinvenção é preciso ter determinação, por isso vejo que a autora é uma pessoa determinada em realizar o que deseja e fica evidente a partir da bela história de vida presente em "Pérolas da Minha Surdez".

O livro nos dá uma verdadeira lição de vida e, de certo, que serve de motivação para muitas pessoas, não só para aquelas que não tem audição, mas sobretudo para os ouvintes.  Quem não convive com a ausência da audição, talvez nem se perceba dos conceitos pré-concebidos que carrega, da maneira por vezes desastrosa com que lida com o assunto, do desconhecimento que tem sobre o tema e  dos equívocos na abordagem com pessoas que não ouvem. Nuccia dá dicas e, cada frase, cada parágrafo do livro pode servir de aprendizado.

A narrativa da escritora é fluída, agradável, bem humorada e, em tom de conversa, ela vai se tornando íntima do leitor e nos revela sua história, a maneira como aprendeu ou reaprendeu algumas coisas que já fazia (como a dança, por exemplo) e nos expõe curiosidades que enriquecem ainda mais a obra.

“Pérolas da Minha Surdez” poderia ser apenas um livro autobiográfico (o que nesse caso já seria excelente, dada a maneira como a autora narra os fatos), no entanto é, sem dúvida, mais do que isso, trata-se um livro verdadeiramente motivador e cheio de ensinamentos para carregarmos pela vida toda. Excelente livro! Recomendo.

Sobre a autora

Foto: Paula Sirimarco
Nuccia De Cicco é bióloga, Doutora em Bioquímica, escritora, poetisa, bailarina e blogueira. Carioca de paixão, mora em Santa Tereza, bruxa até o fundo da alma, apaixonada por livros, viciada em seirados, louca por tatuagens e lambidas caninas. Desde os 27 anos, após ser acometida de surdez total, fruto de uma doença genética, luta contra seus próprios dilemas, contra as dificuldades do mundo silencioso e o preconceito auditivo de quem ouve.

Ficha Técnica
Título: Pérolas da minha surdez
Escritor: Nuccia De Cicco
Editora: wwlivros
Edição: 1ª
ISBN: 978-85-68175-34-7
Número de Páginas: 122
Ano: 2016
Assunto: Autobiografia

Um comentário:

  1. Eu estou aqui sem saber exatamente o que mais dizer depois de um texto lindo desses!!! Só agradecer me parece muito pouco, mas é o que dá! Por isso, muito obrigada pelas palavras lindas! Meu coração tá sambando de alegria! Beijo enorme e até à Bienal!!! <3

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário.