Escuridão no Fim do Túnel – Henrique de Micco



“O show de horrores vai começar!”

Tomas, reunido com seu filho, conta a ele histórias sobrenaturais que permeiam a vida de outras pessoas. As histórias levam o leitor a crer que são totalmente independentes. E, na sala da casa, Tiago anuncia que as histórias (o show de horrores) vai ter início. Logo de início, podemos sentir o clima de conversas sobre o obscuro que ocorrem entre amigos, entre parentes ou colegas. Quem nunca esteve numa roda de pessoas em que histórias arrepiantes foram contadas? Embora eles estejam reunidos na sala é como, se na fantasia do filho, o leitor fosse levado para outros lugares em que as histórias de terror serão contadas.

“Seus pensamentos foram interrompidos por uma mão enorme que segurou seu ombro. A respiração que batia em sua nuca era fria e trazia consigo o cheiro da morte.” Trecho da primeira história que traz Talia no centro da narrativa. Um acidente acaba envolvendo algo sobrenatural e inexplicável. É, pois, o primeiro contato do leitor com uma das histórias sombrias que lerá adiante.

Seguindo a leitura chegamos a Dedo no Gatilho. Fred e uma menina misteriosa se apresentam. “Ele havia vencido uma depressão que quase lhe tirara a vida há cerca de dois anos, mas ainda costumava sentir-se engolido pela rotina de vez em quando, embora não tivesse coragem de sair dela.” Ao ter contato com a misteriosa criança que ele é conduzido por um caminho escuro.

Encomenda Suspeita é a sequência. Uma caixa que chega para Iolanda traz também escuridão e uma surpresa nada agradável. E o leitor acompanhará ainda uma história de olhos que observam um determinado homem (Sob Olhares Escondidos).

Pausa Para Um Café faz a ligação entre o início do livro e dá aos leitores uma noção do que virá no desfecho. Torna-se, portanto, uma importante parte da história que interliga todas as outras, embora ainda não seja a conclusão do livro. Aqui, deve ser ressaltado um ponto interessante. O autor Henrique de Micco manteve as histórias como se fossem isoladas, mas conseguiu muito bem deixar vestígios ao longo delas que são revelados no final.

“Eu voltei da morte. Essa lanterna me foi entregue por um anjo de asas negras! Eu estava em um túnel. Um túnel sem fim, eu presumo, pois não havia luz nenhuma indicando uma saída.” Trecho do capítulo O Viajante Misterioso, que ao ser lido traz na sequência Seja Luz, que é a parte final da obra.

O autor tece uma trama sobrenatural que vai se tornando mais densa à medida que avançamos cada um dos capítulos. Interessante observar que, no início, aquilo que parece ser isolado e que vai caminhar para um desfecho, toma outro caminho quando o fio condutor da trama nos é revelado, já bem no fim do livro. Tudo então se modifica e, mais, tem total conexão com todo o texto que nos fora apresentado antes. Surpresas assim são ótimas em livros de terror, pois mexem com o imaginário do leitor e ao mesmo tempo tornam a história mais atrativa e impactante.

Embora seja um livro de terror – o que é inegável  – há uma mensagem deixada pela obra, que por meio da história contada, metaforicamente, dá o recado a quem lê. Nós (todos) somos capazes de escolher! Nós podemos ser algo de bom, em meio ao mundo cruel em que vivemos, diante de tantos eventos soturnos que nos rondam e de tanta maldade que se dissipa. Mesmo diante de tanta influência negativa a que somos submetidos, que podem nos conduzir à escuridão, nós ainda temos a capacidade de escolha.

Me surpreendi positivamente com a leitura que foi realizada em três madrugadas. O silêncio da noite e as páginas luminosas do tablet, deram um ar lúdico, tornando a aventura pela história prazerosa. Ouvi, como o menino, atentamente as histórias contadas por seu pai. Li a história contada pelo autor, como se tivesse embarcado naquele show de horrores a que o personagem se refere no início. Escuridão no Fim do Túnel é um livro arrepiante!

Uma dica aos leitores: pegue sua lanterna e deixe-se levar pela escuridão.

Foto: Reprodução
Sobre o autor:

Henrique de Micco nasceu na cidade de São Paulo e descobriu ainda na infância a paixão pela literatura. Possui o primeiro volume de uma tetralogia fantástica publicado, de título “O Último Ceifador: Elo Dimensional”, além do e-Book “Escuridão no Fim do Túnel”.

O autor criou um gosto especial também pela escrita de contos, tendo sido selecionado para compor sua primeira antologia no ano de 2017; trata-se do livro “Vampiro”, lançado pela editora Empíreo em outubro deste ano. O projeto visa homenagear os 120 anos da obra “Drácula”, de Bram Stoker.

Ficha Técnica

Título: Escuridão no Fim do Túnel
Escritor: Henrique de Micco
Editora: Independente (Disponível na Amazon)
Formato: E-book
Número de Páginas: 105
Edição: 1ª
Ano: 2017
Assunto: Terror
Escuridão no Fim do Túnel – Henrique de Micco Escuridão no Fim do Túnel – Henrique de Micco Reviewed by Tomo Literário on 08:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Deixe aqui seu comentário.

Tecnologia do Blogger.