Livros Lidos em Junho de 2017



Vamos conferir a lista de livros lidos em junho de 2017.

“Silêncio de Filha”, de Jonas Ribeiro, foi um livro que recebi da Editora do Brasil. O livro trata da importância dos relacionamentos familiares e tem ilustrações de Flávio Fargas. É um bom livro para o público infantojuvenil que pode auxiliar também pais e professores.

Da DarkSide Books, li “Ultra Carnem”, do escritor brasileiro Cesar Bravo. O livro apresenta quatro histórias que se fundem formando uma trama única e diabolicamente aterrorizante. Como diz a contracapa, na disputa entre o céu e o inferno os seres humanos são o prato principal.

Ainda falando em livros da DarkSide Books li outro grande livro, “Bom Dia, Verônica”, de Andrea Kilmore. É uma trama muito bem construída sobre uma mulher que resolve investigar por conta própria dois casos: um suicídio e um homem que comete assassinato. É um thriller arrasador. Outro ponto interessante é o segredo que paira sobre a identidade da autora, que não se revela.

Recebi o livro “As Altas Montanhas de Portugal”, de Yann Martel, publicado pela Editora Tordesilhas. Yann é o autor do livro As Aventuras de Pi. O livro trata de três histórias que aparentemente são independentes, mas que se ligam por vários elementos. É um ótimo livro, com uma escrita agradável, uma fábula encantadora.

O Wattpad é uma plataforma de publicação de livros e contos que tem atraído cada vez mais autores e leitores. A Editora Abril, por meio da Revista Mundo Estranho, lançou em 2017 o livro “Mundos Paralelos”. Trata-se de um livro que reúne dez autores-fenômeno da plataforma. Cada um deles elaborou um conto que compõe a obra.

Clássico da literatura e tido com o livro que abre o romantismo no Brasil, li a “A Moreninha”, de Joaquim Manuel de Macedo. O livro contra a história da Moreninha e de Augusto. Ele é um solteiro incorrigível que participa de uma aposta na qual ao se apaixonar por uma mulher por mais de três dias deve escrever um romance. Numa ilha que vai a passeio com os amigos, ele se depara com a protagonista que o encanta.

O segundo livro da Editora Tordesilhas que li durante o mês foi “Arco de Virar Réu”, do escritor Antonio Cestaro. O livro tem uma trama narrada em primeira pessoa e fala sobre eventos que acontece na vida do protagonista, demonstrando sua deterioração física e mental. A obra versa sobre seus delírios, pesadelos e a dúvida em relação a existência humana.

Outro livro que em junho foi “Primeiros Contos de Truman Capote”, publicado pela José Olympio, que reúne como alude o título os primeiros contos desse escritor que é um dos nomes mais influentes da segunda metade do século XX.

O último livro lido no mês foi “A Turma da Rua Quinze”, de Marçal Aquino, que fala da história de um grupo de garotos que se aventura na investigação pela busca de um amigo desaparecido e para desvendar o mistério de um casarão.

Leitura em andamento:

Confissões do Crematório, de Caitlin Doughty.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.