[Entrevista] Mayke Moraes



Um cidadão do mundo. Assim podemos definir Mayke Moraes, autor do livro “Viajar: Eu Preciso”, publicado pela Buzz Editora. Com a mochila nas costas, Mayke visita lugares e revisita sonhos. Sonhos que nasceram quando ele decidiu sair de sua zona de conforto, abandonando a faculdade de Direito, no Brasil, para construir memórias, como ele relatou ao Tomo Literário. Mayke Moraes tem muita história para contar e falou um pouco sobre seu livro e suas viagens em entrevista concedida ao blog. Confira:

Tomo Literário: “Viajar: Eu Preciso” foi lançado recentemente pela Buzz Editora e conta suas aventuras em viagens por mais de 54 países. O que te inspirou a escrever o livro?

Mayke Moraes: Comecei a escrever quando percebi que estava realmente vivendo um sonho. Um sonho que tantos sonham viver. Ter a chance de compartilhar certas experiências que vão muito além da nossa cultura ocidental é uma benção. Quando estive no Alasca conheci um senhor que havia viajado por mais de 65 países quando era jovem. Hoje aos quase 80 anos de idade, ele já havia esquecido boa parte das aventuras vividas quando levava uma vida nômade. Não quero que isso aconteça comigo. 

Tomo Literário: Pode contar um pouco do processo de escrita? Foi durante a viagem que escreveu, foi depois de ter viajado, foi instigado por amigos? Como foi?

Mayke Moraes: Compartilhar minhas experiências na estrada é algo que sempre gostei de fazer, mas jamais imaginei que meus textos fossem despertar o interesse de uma editora grande como a Buzz. Desde que comecei a viajar, comecei também a compartilhar minhas experiências nas minhas redes sociais Sou Mochileiro (Instagram, Facebook e Youtube) na intenção de motivar outros sedentos por aventura que erroneamente acham que precisamos ser ricos para viajar o mundo. Sempre tive a intenção de lançar o livro de forma independente, através de algum crowdfunding e por sorte não precisei. Isso me enche de orgulho pois sei que agora o meu livro conseguirá atingir e inspirar ainda mais pessoas, já que meus relatos estarão disponíveis através do “Viajar: Eu Preciso!” nas livrarias de todo o Brasil.

Tomo Literário: Em todas essas viagens que você realizou quais os países que mais te agradaram e por quais motivos?

Mayke Moraes: As histórias marcantes são tantas. Acho que sempre viajei com o coração aberto, despido de pré-conceitos e isso fez com que eu tivesse em cada destino uma imersão cultural única e incrível. Na Coreia do Sul pude provar carne de cachorro; Na Indonésia morcegos; Em Cuba, participei de um reality show; Na Índia, conheci o “Templo dos Ratos” e nadei no rio Ganges, no Marrocos acampei em pleno Deserto do Saara, além de Egito, Kosovo, Bósnia-Herzegovina e mais dezenas de outras histórias que vão inspirar quem sonha em botar a mochila nas costas e os pés na estrada. Por isso quando me perguntam qual lugar gostei mais, digo que é aquele que me dá vontade de voltar. No meu caso, todos que já visitei. 


Tomo Literário: Lidar com diferentes culturas deve ter propiciado também momentos inusitados. Pode nos contar alguma passagem inusitada que tenha vivido?

Mayke Moraes: Na Coreia do Sul pude provar carne de cachorro; na Indonésia morcegos; em Cuba, participei de um reality show; na Índia, conheci o “Templo dos Ratos” e nadei no rio Ganges; no Marrocos acampei em pleno Deserto do Saara; tive o nariz quebrado em uma briga na Tailândia; fui hospedado por um cartomante cigano em um vilarejo na Indonésia; mergulhei com tubarões baleia e arraias nas Filipinas; além de Egito, Bósnia-Herzegovina e mais dezenas de outras histórias que vão inspirar quem sonha em botar a mochila nas costas e os pés na estrada. Por isso, quando me perguntam qual lugar gostei mais, digo que é aquele que me dá vontade de voltar. No meu caso, todos que já visitei. 

Tomo Literário: Você está programando mais viagens por dois anos passando por países da América do Sul e Central. O que espera encontrar nessa nova jornada?

Mayke Moraes: Sim, estou muito empolgado e sedento por mais aventuras. Não tenho muita coisa planejada, pois prefiro não ter um roteiro engessado. Serão 24 meses de uma viagem solo e minimalista por pelo menos mais 25 países, carregando o mínimo necessário para sobrevivência em apenas uma mochila. Viajarei leve, devagar e de coração aberto. Tentarei me hospedar somente de forma gratuita na casa de moradores locais. Já fiz algo parecido no meu último mochilão e a receptividade que tive foi inesquecível. Quero mostrar o quanto moradores de uma cultura totalmente diferente da minha podem ser bons para uma pessoa que acabaram de conhecer. Tenho certeza que os momentos mágicos, perrengues e aventuras serão consequência da maneira que seguirei meu caminho.

Tomo Literário: Teremos um novo livro contando essa experiência pelos vinte e cinco países?

Mayke Moraes: Espero que sim. Mostrar um pouco do mundo sobre o olhar de um morador local é viciante e saber que consigo através das minhas experiências motivar pessoas a fazerem o mesmo, me enche de felicidade. 

Tomo Literário: Deseja deixar algum comentário adicional aos leitores?

Mayke Moraes: Quero agradecer a equipe do Tomo Literário pela chance de mostrar aqui esse meu estilo de vida. Muito obrigado. Quero dizer também que compartilho todas as minhas experiências com textos, fotografias e vídeos nas redes sociais do SOU MOCHILEIRO (Instagram, Facebook e Youtube). 
O primeiro capítulo do meu livro está disponível gratuitamente no site. É só clicar e baixar:  www.buzzeditora.com.br/viajar-eu-preciso 
Se gostarem, vocês encontrarão o “Viajar: Eu Preciso!” nas maiores livrarias do Brasil. Lojas físicas e virtuais. 

Foto: Bósnia e Herzegovina - Sarajevo
Mais sobre o autor:

Mayke Moares é de Varginha, interior de Minas Gerais, flamenguista, ama comidas exóticas e mesmo tendo nascido no Brasil, se considero um cidadão do mundo. Gosta de um estilo de vida desapegado e minimalista. Com a mochila nas costas, visita lugares e revisita sonhos. Sonhos que nasceram quando decidiu sair de sua zona de conforto abandonando a faculdade de Direito, no Brasil, para construir memórias ao invés de riquezas materiais. Suas histórias incluem anos de moradia no Alasca e Irlanda, além da participação em um reality show em Cuba, passando pelo mundo e experimentando-o por inteiro. Escreveu o livro “Viajar: Eu Preciso”, publicado pela Buzz Editora, e compartilha suas histórias nas redes sociais do Sou Mochileiro. Mayke relata que é preciso “vivenciar o melhor de cada experiência, entregando-se por completo a todas elas. Sem medo. Sem arrependimentos, com a única certeza de que o que se leva dessa vida, é a vida que se leva.”

Conheça o livro “Viajar: Eu Preciso!”, publicado pela Buzz Editora.

Sinopse: 

Quem nunca sonhou em viver a vida sem destino? Viajar, desfrutando da liberdade de poder estar onde e com quem quisesse a cada instante, procurando extrair o máximo de cada dia? Para Mayke Moraes, este sonho era uma promessa de vida que precisava ser cumprida. Inquieto, encontrou a paz na turbulência de cada canto do mundo que visitava, com suas cores, cheiros e expressões únicas. Corajosamente, o jovem embarcou numa viagem que o levou a 54 destinos absolutamente distintos entre si. Desvendando novas culturas, alcançou aspectos da vida que passam despercebido para quem nunca sai do lugar. O livro conta aventuras, paixões, emocionantes descobertas, relances de autoconhecimento, flertes com a espiritualidade. Tudo isso faz dele um relato maior do que um guia de viagem ou um manual para quem gosta de botar o pé na estrada: trata-se de um livro para quem curte viver. E viver intensamente, respirando novos ares sem medo do que o amanhã pode trazer. Sem medo de se entregar com paixão ao agora. Sem medo de encarar tudo que o destino pode trazer.


 Acompanhe o autor nas redes sociais:

Facebook: www.facebook.com/soumochileiro
Youtube: www.youtube.com/soumochileiro
Instagram: www.instagram.com/soumochileiro

Site Editora: www.buzzeditora.com.br/viajar-eu-preciso

4 comentários:

  1. Muito bom! Batendo palmas para ti. Seu blog não para de crescer ♥
    Sucesso.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado pelo carinho!!! :-)

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário.