Amazônia: Amor & Crime - Floriano Almeida

Amazônia: Amor & Crime”, do escritor Floriano Almeida foi publicado pela Editora Autografia em 2016. O livro trata de forma ficcional o submundo do crime organizado do narcotráfico.

A história começa em 1945, falando de gente sofrida da caatinga brasileira. Mauro é um dos personagens que faz parte do cenário de seca e miséria que assola aquela região. O jovem resolve partir de Capim Santo, cidade do interior do estado do Ceará e vai para Belém, capital do Pará. Seu objetivo é chegar até Santarém. O personagem que dá início a trama vive desventuras, casa-se, tem filhos e sua vida sofre uma grande mudança a partir de uma herança que recebe.

Em 1953 nasce o filho de Mauro, Juliano. O rebento é fruto de seu amor com Corina. Mais tarde o casal tem outra filha, chamada Helena. Aquele jovem que havia saído da miséria agora desfruta de uma vida muito melhor. 

“Mauro e Corina tiveram somente esses dois filhos, que cresceram com saúde, dentro dos melhores padrões de vida para a região, estudando nos melhores colégios da cidade. No início de 1970, Juliano terminou o científico e mudou-se para a capital, a fim de dar continuidade a seus estudos. Em Santarém ainda não havia faculdade e todos que tivessem condições financeiras terminavam seus estudos em outras cidades. Prestou vestibular naquele mesmo ano, ingressando na faculdade em 71, logo na primeira tentativa, optando pelo Curso de Direito.”

Juliano, o filho de Mauro e Corina, passa a protagonizar a história. Sendo advogado ele é contratado por uma facção criminosa para buscar a liberdade de um homem preso por tráfico de drogas. A partir desse momento acaba se envolvendo em uma intrincada rede de crimes, além de ter envolvimento num relacionamento extraconjugal.

Além de ter sido advogado da facção acaba comprometendo-se com outras ações do grupo. E isso, ao mesmo tempo que provoca medo e desejo de se desvencilhar de todas as atividades criminosas, também provoca no personagem o desejo pelo poder e pelo dinheiro fácil. Com os bastidores da organização, tráfico de entorpecentes, crimes como assassinato e envolvimento da polícia em ações criminosas, além de armações e delações entre membros da organização, ganância e desejo, Juliano vai sendo tomado pela criminalidade, que lhe propicia facilidade financeira. Quando pensa em abandonar a vida que acabara adentrando, percebe que não há saída. Vive o dilema entre o legal e o ilegal. Por qual caminho seguir?

"Juliano ficou tentado com toda aquela facilidade de ganhar dinheiro em tão pouco tempo. Pensou bastante e seus olhos não deixavam de brilhar enquanto conferia a parte que lhe coubera. Com certeza, o lado honesto de sua consciência estaria discutindo com o seu menos escrupuloso."

No encalço da quadrilha um delegado tenta desmantelar as armações e operações do tráfico. No cerne da quadrilha planos arquitetados para ludibriar a polícia ou quem quer que se meta com as ações praticadas que, sobretudo, requeriam sigilo.

“Amazônia: Amor & Crime” é um livro que trata do tráfico de entorpecentes e de seus bastidores, mas também fala sobre a ambição do homem que vê na facilidade do crime um meio de ter mais dinheiro. É uma obra ficcional, convém frisarmos. No entanto, o livro trata com realismo os meandros que envolvem a criminalidade. A trama arquitetada por Floriano Almeida é bem enredada e envolve a partir das cenas que se desenrolam. Não faltam conflitos pessoais dos protagonistas, surpresas na história e mistérios, acrescidos de reviravoltas e um bom texto.

É possível observar, ainda que de maneira rápida em dada parte do texto, uma crítica contundente às instituições sociais que se veem corrompidas. Durante toda a obra o leitor se questiona com os dilemas que Juliano vai enfrentando, mas que vai de modo quase natural aceitando. E o desfecho da história de Juliano é surpreendente.

A moral e o legal por vezes podem sucumbir ante a facilidade do dinheiro e do poder?

Ficha Técnica
Título: Amazônia: Amor & Crime
Escritor: Floriano Almeida
Editora: Autografia
Edição: 1ª
ISBN: 978-85-5526-603-4
Número de Páginas: 207
Ano: 2016
Assunto: Ficção brasileira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.