A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo - Max Weber

O livro de Max Weber, “ A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo” é considerado um clássico da sociologia. O autor usa o seu estudo para avaliar como a ética protestante foi auxiliar na abertura e crescimento do capitalismo em países protestantes.

A partir da observação do campo religioso ele pode inferir como características, dogmas e normas  que contribuíram para a formação do capitalismo, portanto ligada ao crescimento do consumo. Com a abertura do protestantismo o trabalho passou a ser visto como um meio de conquistar coisas que glorifiquem a vida do homem, o que outrora não era admitido pela igreja católica, que olhava para o trabalho como forma de sustento. O êxito material, para os protestantes, era uma garantia de graça divina. E para obter o êxito o consumo sustentava a base capitalista.

Weber,  um dos principais pensadores do século XX, nota que a modificação social e religiosa que acontecia, mesmo que não tivesse o objetivo de uma abordagem voltada à economia, facilitou e sustentou o capitalismo na época.

"A riqueza só é, portanto, ruim, do ponto de vista ético, conforme seja uma tentação ao ócio e à fruição pecaminosa da vida, e a sua aquisição somente é ruim quando é realizada como o último propósito, o de uma vida folgada e sem cuidados. Entretanto, enquanto realização de um dever em uma profissão, esta não é apenas moralmente permitida, mas é, na verdade, ordenada."

O livro lido foi a publicação da Martin Claret, lançado em 2013, traduzido por  Mário Moraes. Inicia-se com uma introdução feita pelo autor, que dá um panorama geral sobre a obra e sua abordagem. A seguir temos a parte  um que apresenta a problemática analisada em três capítulos. Um deles foca na filiação religiosa e na estratificação social. O segundo é sobre o espírito do capitalismo, em que conceitua o termo. E o terceiro capítulo, por sua vez, trata da concepção de vocação de Lutero.

Na  parte dois temos a ética e as correntes do protestantismo. No primeiro capítulo dessa parte fala-se dos fundamentos religiosos do ascetismo (que se volta para o mundo espiritual) mundano. O outro capítulo trata da relação do ascetismo com o espírito capitalista.

A referida edição apresenta várias notas que permitem compreender os termos, conceitos e referências feitas no texto.

É inegável que as forças religiosas exercem grande influência na formação do caráter nacional. Esse panorama é bem abordado por Weber em seu livro. A obra é bastante difundida e utilizada nos meio acadêmicos. Por curiosidade e para agregar conhecimento é bom que leiamos clássicos, como o livro de Weber. O livro deve constar em qualquer biblioteca particular.

Ficha Técnica
Título: A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo
Escritor: Max Weber
Editora: Martin Claret
ISBN: 978-85-7232-975-0
Edição: 1ª
Número de Páginas: 300
Ano: 2013
Assunto: Capitalismo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.