Quem Mexeu no Meu Queijo? - Spencer Johnson

“Quem Mexeu no Meu Queijo?”, de Spencer Johnson, publicado pela Editora Record em 2010 (61ª edição, 108 páginas), fala sobre mudanças. No livro quatro personagens estão num labirinto a procura de um queijo.

O queijo é utilizado metaforicamente, representando tudo aquilo que buscamos na vida: ascensão profissional, aquisição de um bem, um novo emprego, formação de uma família, dinheiro ou quaisquer outras coisas que almejamos. O labirinto, por sua vez, representa o local no qual dispendemos nosso tempo em busca do queijo. Pode ser, portanto, a empresa em que trabalha, um escritório, sua casa, uma universidade ou outro local qualquer.

Cada personagem tem sua maneira de lidar com a busca do queijo, assim como na vida cada um de nós tem o seu modo de lidar com a incessante busca. Dois dos personagens são seres como os humanos e os outros dois são ratos.

O tema central do livro e toda a sua abordagem trata de mudança. Como encaramos a mudança em relação aquilo que nos aflige ou que não nos faz mais feliz? Nosso queijo é eterno? Como devemos tratar o nosso queijo no dia-a-dia? O que podemos fazer no labirinto em busca do queijo?

Para lidar com mudanças que ocorrem no campo profissional e pessoal a leitura de “Quem Mexeu no Meu Queijo?” é, sem dúvida, recomendada. É um texto curto, de leitura rápida, mas com grandes lições.

O livro é bastante utilizado em organizações para discutir o tema de mudança e, também utilizado por administradores (formados ou em formação), mas serve para todas as pessoas. É inspirador, motivador e instrutivo. O livro se divide em três partes: a primeira é uma reunião em que a mudança começa a ser abordada, a segunda é sobre queijo propriamente dito e a terceira um debate sobre a história.

“Quem Mexeu no Meu Queijo?” é sucesso de venda e de crítica. Leitura para ter e revisitar.

Ficha Técnica
Título: Quem Mexeu no Meu Queijo?
Escritor: Spencer Johnson
Editora: Record
ISBN: 978-85-01-05402-9
Edição: 61ª
Número de Páginas: 108
Ano: 2010
Assunto: Motivação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.